ICS VAI LANÇAR NOVOS PLANOS DE SAÚDE COM CUSTOS ATÉ 30% MENORES QUE OS PRIVADOS

00238392O Instituto Curitiba de Saúde (ICS) dá mais um passo para ampliar a sua atuação. O instituto vai lançar novos planos de saúde para atender públicos que hoje não são contemplados: dependentes de servidores, com idade de 18 a 33 anos, funcionários de empresas públicas e comissionados.

A expectativa é que os valores sejam de 10% a 30% mais baratos que os dos planos privados. A adesão não é obrigatória.

Os novos planos deverão ser lançados até o fim de novembro e fazem parte da estratégia de gerenciar o quadro financeiro do ICS. A intenção é reduzir o déficit causado nos últimos anos pelo descompasso entre receitas e despesas.

“Nós não visamos o lucro, mas temos que ter um equilíbrio financeiro e esses planos são o início desse projeto de reequilíbrio. Esperamos ter uma boa adesão porque os valores serão menores que os dos planos privados”, diz Dora Pizzatto, presidente do ICS.

Ao longo dos últimos anos, o ICS incorporou centenas de procedimentos em atendimento ao rol de cobertura de assistência à saúde estabelecido pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), o que aumentou os custos. O serviço ofertado aos beneficiários foi ampliado, porém não houve contrapartida suficiente de receitas. As despesas giram em torno de R$ 18,5 milhões por mês, de acordo com Dora.

“De um lado temos uma inflação médico-hospitalar de 20% ao ano. Do outro uma complexidade cada vez maior de procedimentos previstos no rol da ANS”, diz Dora. O ICS tem 78 mil beneficiários em Curitiba, dos quais 35 mil são contribuintes. A estrutura inclui 37 dentistas e 77 médicos na sede, além de 25 hospitais credenciados, 41 terapias de apoio, 36 clínicas odontológicas, 50 serviços de diagnóstico, 87 policlínicas de consultas em geral e home care.

A estratégia de lançar novos planos é possível porque no fim do ano passado a Câmara Municipal aprovou em segundo turno o projeto de lei que altera e acrescenta dispositivos na lei 9.626/99. Com a aprovação, ficou permitida a criação de novos planos de saúde para ampliação do público-alvo.

Os planos que serão lançados são: Plano Servidor Apartamento (até hoje só era ofertada a opção enfermaria com dois leitos), Plano de Agentes de Saúde e de Combate a Endemias (enfermaria e apartamento), Plano Dependentes de 18 a 33 anos (enfermaria e apartamento) e Plano Empresas (enfermaria e apartamento). Esse último é voltado a instituições da administração direta e indireta da Prefeitura de Curitiba, como autarquias, fundações, empresas públicas, paraestatais e sociedades de economia mista, celetistas e cargos em comissão.

Dora conta que, em breve, informações sobre os novos planos estarão no portal do ICS na internet e que também será disponibilizado um número de telefone para esclarecer dúvidas dos servidores.

Dependentes

Uma das principais novidades para os servidores é o plano voltado aos dependentes com idade entre 18 e 33 anos. Atualmente, quando completa 18 anos, o dependente perde direito ao benefício e é retirado do plano – por ano, saem dele cerca de mil jovens. A expectativa é que seis mil dependentes busquem o novo plano.

“Com essa opção, esse dependente pode continuar a ter acesso ao ICS, com cobertura completa dos serviços prestados”, explica Dora. Serão oferecidos atendimento ambulatorial, hospitalar com obstetrícia e de odontologia.

O novo plano terá um custo de acordo com a faixa etária do dependente, conforme regulamentação da ANS. As faixas etárias variam de 19 a 23 anos, 24 a 28 anos e 29 a 33 anos.

A mensalidade virá descontada diretamente na folha de pagamento/contracheque do servidor. O plano é com coparticipação de 30%, limitado a R$ 100,00 por procedimento.

Empresarial

O Plano Empresarial também terá custo por faixa etária, cobertura completa e coparticipação de 30% (limitada a R$ 100). A relação contratual será entre a empresa e o ICS. Ficará a cargo da empresa escolher um ou mais planos para os funcionários.

O plano voltado para os Agentes de Saúde e Combate a Endemias, por sua vez, deve ser lançado ainda em setembro e será semelhante ao oferecido hoje para o servidor, com desconto de 3,9% sobre o salário base e demais vantagens, com a cobrança da coparticipação e sem mudança de preço por faixa etária.

Negociação

Em paralelo ao lançamento de novos planos, o ICS vem fazendo um esforço para redução de custos, com negociação constante com a rede credenciada. “Quando não há diálogo e os preços estão muito altos, optamos por redimensionar a rede em busca de novos parceiros que sempre primam pela qualidade do serviço”, diz Dora.

Uma outra novidade é o lançamento do aplicativo do ICS nas próximas semanas, que vai possibilitar marcação de consultas e procedimentos por qualquer smartphone, para agilizar o atendimento.

Prevenção

O ICS investe também em prevenção. Foi criado um Núcleo de Assistência à Saúde (NAS) que tem como uma das principais ações o Prevencor, no qual são oferecidos, no mês de aniversário do servidor, exames de sangue gratuitos. Quando o servidor faz aniversário ele recebe uma cartinha com o convite para os exames.

“A intenção é prevenir o aparecimento de doenças. Muitas pessoas, por exemplo, têm diabetes e nem sabem”, conta Dora. “Se houver alteração nos exames, o servidor é encaminhado para um clínico geral, porque a intenção é ter uma visão holística do paciente, resgatando a ideia do médico de família.”

Também há projetos para gestantes, com palestras, e população da terceira idade, com apresentações, brincadeiras e jogos.