Não. Em função da legislação em vigência, apenas filhos menores de 18 anos poderão permanecer como dependentes, à exceção de filhos inválidos, de qualquer idade, desde que respeitados os critérios contidos no artigo 5º, letra “c”, do Regulamento, cuja verificação e caracterização são de competência do IPMC.