O que muda é que, a realização de consultas, exames e procedimentos ambulatoriais e hospitalares só poderão ser realizadas na rede credenciada e dependerão de autorização prévia da Perícia Médica da SMRH, cuja obtenção ficará a cargo do servidor.