outubro rosa 2018Todos os anos, a população mundial lembra a luta contra o câncer de mama com uma campanha chamada Outubro Rosa. O movimento surgiu nos Estados Unidos, na década de 90, e foi adotado pelos demais países do mundo para alertar as mulheres e entidades governamentais sobre a importância da prevenção e diagnóstico precoce dessa doença.

De acordo com os dados do Instituto Nacional de Câncer(INCA), estima-se cerca de 60 mil casos de câncer de mama sejam diagnosticados no Brasil por ano. O número indica que a cada 100 mil mulheres, cerca de 56 desenvolvem a condição.

A doença é a maior causa de morte por câncer entre as mulheres e a prevenção continua sendo uma das maiores medidas de combate.  É isso que impulsiona o Outubro Rosa, um mês dedicado à disseminação de informações sobre a importância de olhar com atenção para a saúde da mulher.

A campanha também visa garantir às mulheres assistência médica e suporte emocional, através do diagnóstico precoce e acesso a tratamento de qualidade. Na maioria das vezes, o câncer pode ser detectado em suas fases iniciais, antes mesmo de apresentar qualquer sintoma.A mamografia, exame que utiliza a radiação, pode revelar a presença de tumores ainda muito pequenos. Quando mais cedo o diagnóstico, maiores são as chances de cura.

O exame deve ser realizado como método preventivo a cada 2 anos por todas as mulheres entre 50 e 69 anos de idade. As mulheres que se encaixam entre os grupos de risco, que possuem maior predisposição, podem necessitar a realização do exame com mais frequência.