00250301Agentes comunitários de saúde e agentes de combate a endemias, que são empregados públicos da Prefeitura de Curitiba, poderão ser incluídos no plano de saúde do Instituto Curitiba de Saúde, o ICS. Os dependentes – filhos menores de 18 anos e cônjuge ou companheiro – também poderão participar.

Prefeitura e ICS assinaram na tarde desta quarta-feira (30/1) o contrato de adesão que, pela primeira vez, vai permitir a inclusão de empregados públicos no plano de saúde municipal. O novo plano deverá contemplar mais de 900 beneficiários, entre eles, os 489 agentes comunitários de saúde e agentes de combate a endemias.

Os agentes que participaram da solenidade de assinatura receberam as boas-vindas da presidente do ICS, Dora Pizzatto. O prefeito Rafael Greca destacou a importância dos profissionais na área da saúde. “Estimamos que vocês continuem o bom trabalho que fazem para a nossa cidade”, disse o prefeito.

A presidente do Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde do Paraná (Sindacs/PR), Ondna Rodrigues Macedo, agradeceu ao prefeito em nome dos agentes e destacou que esta é a segunda conquista garantida pela gestão. A primeira foi o auxílio-alimentação, concedido desde julho de 2018.

Como participar

Para ingressar no plano, os empregados públicos interessados deverão assinar o termo de adesão para formalizar a sua inclusão e de seus dependentes. O novo plano não terá carência e nem mudança de valor quando houver alteração de faixa etária.

Nos próximos dias será agendada reunião para que os interessados possam esclarecer dúvidas e formalizar a adesão, caso tenham interesse. Quem quiser mais informações pode entrar em contato com o setor de Gestão de Carteira do ICS pelo telefone 3330-6134.

O percentual do desconto em folha de pagamento será de 3,9% do salário-base e demais vantagens. Por ser um plano que tem coparticipação, quando utilizada a rede credenciada para consultas e exames, os participantes também pagam 30% do valor, que é descontado no contracheque do empregado.

O plano oferece assistência integral à saúde com segmentação ambulatorial, hospitalar com obstetrícia e odontologia, e garante cobertura total do rol de procedimentos da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

Com a adesão, os agentes também terão direito à estrutura de atendimento do Centro de Saúde do ICS. Atualmente o ambulatório tem 77 médicos de diversas especialidades, como ginecologia, clínica geral, pediatria, cardiologia, ortopedia e oftalmologia e 55 profissionais de odontologia.

Novos planos

A possibilidade de inclusão dos empregados públicos representa o primeiro de uma série de planos que serão lançados pelo ICS em 2019. Responsável pelo atendimento médico e hospitalar aos servidores públicos municipais da ativa e dependentes, aos aposentados e aos pensionistas, o plano de saúde pretende ampliar a atuação, reduzindo o déficit causado pelo descompasso entre receitas e despesas.

Os novos planos de saúde atenderão dependentes de servidores com idade de 18 a 33 anos, comissionados e celetistas. A expectativa é de que os valores sejam de 10% a 30% mais baratos que os dos planos privados. A adesão não é obrigatória.

Os planos que serão lançados são: Plano Servidor Apartamento (até hoje só era ofertada a opção enfermaria com dois leitos), Plano Dependentes de 18 a 33 anos (enfermaria e apartamento) e Plano Empresas (enfermaria e apartamento), esse último voltado aos estatutários, celetistas e cargos em comissão de instituições da administração direta e indireta.

Presenças

A assinatura do contrato reuniu também o secretário municipal de Recursos Humanos, Alexandre Jarschel de Oliveira, a procuradora-geral do Município,Vanessa Volpi Palácios, a presidente do Instituto Municipal do Turismo, Tatiana Turra, e a superintendente executiva da Secretaria da Saúde, Beatriz Battistella Nadas. A Diretoria do ICS também esteve presente, Dr. Omar Barghouthi, diretor de Assistência à Saúde, Elcio Casagrande, diretor Administrativo Financeiro, e Daniel Conde Falcão Ribeiro, assessor jurídico.