Médicos são capacitados para identificar sinais de câncer de pele

O corpo clínico do Instituto Curitiba de Saúde (ICS) participou nesta segunda-feira (24/06) de uma capacitação para identificar lesões suspeitas de câncer de pele durante o atendimento ao beneficiário no Centro de Saúde. A ação foi organizada pelo Núcleo de Atenção à Saúde (NAS) em parceria com a supervisão médica.

Ministrado pela dermatologista Carolina Ghislandi, o curso tem o objetivo de qualificar os profissionais para reconhecer indícios de câncer de pele e encaminhar o paciente para o especialista, de forma que seja diagnosticado ainda nos estágios iniciais.

“Muitas pessoas não vão ao dermatologista com frequência, nosso objetivo é contar com o apoio da equipe médica para auxiliar na detecção precoce da doença, principalmente nas áreas que ficam mais expostas ao sol.” destaca a dra Carolina.

O câncer de pele é o tipo mais comum da doença, correspondente a 30% de todos os tumores malignos do Brasil. A estimativa para 2018 e 2019, é de 165.580 mil novos casos do tipo não melanoma.

Prevenção

O ICS está desenvolvendo um novo programa para prevenção e detecção precoce do câncer de pele. O Centro de Saúde investiu recentemente em um equipamento de crioterapia, indicado para o tratamento de lesões pré-cancerígenas e tumores específicos.

Os beneficiários encaminhados para a equipe dermatologista do Centro de Saúde passarão por consulta de triagem para diagnosticar o desenvolvimento da doença, e se indicado o tratamento, as sessões de crioterapia serão realizadas no próprio local e sem custo de coparticipação.

A criocirurgia, como também é conhecida, é um processo terapêutico que consiste no uso de nitrogênio líquido aplicado diretamente na área afetada para congelar e destruir as células anormais.

O novo programa será coordenado pelo Núcleo de Atenção à Saúde (NAS) e o lançamento oficial está previsto para o mês de julho.


Capacitação
Compartilhe esta notícia: