Câncer infantil: diagnóstico precoce ainda é a melhor prevenção

O Dia Internacional de Luta contra o Câncer Infantil é comemorado nesta segunda-feira (15) e visa conscientizar a população para esta doença responsável pelas principais causas de mortalidade entre crianças e jovens de 1 a 19 anos de idade.

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), a estimativa, em 2020, era de quase 8,5 mil novos casos de câncer entre crianças e adolescentes no Brasil.

Quando identificado ainda no início, as chances de cura aumentam em 80%.

Muitas vezes os sintomas do câncer infantil são semelhantes a doenças comuns em crianças e adolescentes, por isso a dificuldade do diagnóstico precoce.

No entanto, a suspeita do câncer deve surgir quando a criança tiver sintomas persistentes e sem causas específicas.

Sinais como emagrecimento, palidez, nódulos, repetidas contusões, dores, febres inexplicadas, dores de cabeça frequentes acompanhadas de vômito e alteração da visão a indicação é de procurar o pediatra para descartar ou identificar a doença.

O diagnóstico rápido permite um tratamento menos agressivo, com maiores possibilidades de cura e menos sequelas da doença ou do tratamento.

É muito importante a conscientização da população de um modo geral, os pais devem ficar atentos aos filhos e manter as consultas ao pediatra sempre em dia.

Prevenção
Compartilhe esta notícia: