Dia Nacional de Combate ao Alcoolismo traz reflexão sobre consumo abusivo de bebidas alcoólicas

O dia 18 de fevereiro é marcado pelo Dia Nacional de Combate ao Alcoolismo. A data chama atenção para o consumo excessivo de bebidas alcoólicas.

O consumo moderado de bebida alcoólica é culturalmente aceito em muitos lugares do mundo e é um ato recorrente em datas festivas e confraternizações.

A ingestão do álcool não necessariamente implica em problemas para o indivíduo, mas o consumo abusivo pode levar a perda do controle da situação.

Quando este hábito vira recorrente e/ou excessivo, torna-se problemático tanto para a saúde do usuário quanto para as pessoas ao seu redor, desencadeando o alcoolismo.

O alcoolismo é considerado uma doença crônica, com aspectos comportamentais e socioeconômicos, caracterizada pelo consumo compulsivo de álcool, na qual o usuário se torna progressivamente tolerante à intoxicação produzida pela droga e desenvolve sinais e sintomas de abstinência, quando a mesma é retirada.

Além da já reconhecida predisposição genética para a dependência, outros fatores podem estar associados: ansiedade, angústia, insegurança, fácil acesso e condições culturais.

No Brasil, cerca de 15% da população é dependente de álcool. O seu consumo, associado ao tabaco, são um dos principais fatores de risco para o desenvolvimento de diversas doenças.

Conscientização
Compartilhe esta notícia: